6 de out de 2013

KIMCHI COREANO




KIMCHI
A culinária coreana ainda é muito pouco conhecida e apreciada em nosso país. Pena. Existem pratos maravilhosos como o Bulgogui, um churrasco feito na hora, na mesa do cliente, com um molho adocicado divino. O que se pode estranhar um pouco é a quantidade de pimenta que eles utilizam - até nas verduras e legumes. A primeira vez que eu comi comida coreana quase tive um troço. Achei que o molhinho vermelho que cobria as verduras e carnes empanadas era molho de tomate...
Uma lição valiosa: nunca peça refrigerantes ou água com gás, pois o gás reage com a pimenta e piora a situação.

Um tipo de alimento bem característico e fundamental da cozinha coreana é o Kimchi. Trata-se de verduras colocadas em conserva de sal, pimenta e condimentos., apreciada desde os tempos tribais na Coréia. Conservar alimentos sempre foi um desafio necessário em todas as civilizações e os coreanos desenvolveram vários tipos de conservas. Existem vários tipos de Kimchi, mas o mais comum é rechear folhas de acelga chinesa salgadas com uma pasta feita de pimentas vermelhas e outros ingredientes amassados. As receitas variam muito, de familia para família e de região para região da Coréia, embora a ideia básica seja a mesma.

O Kimchi é um dos alimentos tradicionais básicos da dieta coreana e é muito rico em vitamina C, sais minerais e fibras. Seu sabor forte vai muito bem acompanhado de arroz branco (claro, os orientais não comem arroz integral. Ou você não sabia disso?). A pimenta vermelha é excelente para a saúde, rica em vitamina C e que promove uma limpeza do sistema respiratório. É particularmente importante em latitudes frias como no Norte da Coréia.

Um pouco de pimenta é sempre muito bom e não mata ninguém. Você devia experimentar.

Kimchi é o mais tradicional dos alimentos Coreanos. Faz parte de todas as refeições, diariamente. É um acompanhamento feito com vegetais fermentados em um molho bastante apimentado. Existem mais de cem tipos diferentes de Kimchi mas um dos mais populares é o de acelga. Embora seja um alimento estranho ao paladar ocidental, já está caindo no gosto dos estrangeiros que vivem aqui na Coréia.

KIMCHI
 Receita

1a. Etapa:

1 acelga média
12 xíc. de água fria
1 e 1/4 xíc. de sal grosso

Retire as folhas externas da acelga caso estejam ruins. Lave a acelga inteira.
Corte ao meio
Depois em quatro
Retire o excesso do talo, mas deixe o suficiente para manter as folhas presas.
Numa bacia grande, misture a água com 3/4 de xíc. de sal, até dissolver bem. Divida o restante do sal em 4 partes iguais e use cada parte para salpicar em cada uma das partes da acelga. Deve-se abrir as folhas e salpicar o sal na parte mais grossa, uma a uma.
Uma vez salgadas, mergulhe-as na água salgada. Ponha um peso em cima (usei uma panela cheia de água).
Deixe repousar por umas 5 horas (esta etapa pode ser feita a noite e o restante no dia seguinte de manhã ou a primeira etapa pode ser feita de manhã e o restante à tarde).

2a. Etapa:

Escorra toda água salgada das acelgas e enxágue-as, muito bem, 3 vezes. A esta altura, elas já terão perdido bastante volume, estarão murchas. Deixe-as escorrendo emborcadas numa peneira ou em um escorredor. Enquanto isso, faça a 3a. etapa.

3a. Etapa:

1 xíc. + 2 colh. (sopa) água
1 1/2 colh. (sopa) farinha de arroz
Numa tigelinha, misture as 2 colh. de sopa de água com a farinha de arroz.
Numa panela pequena, junte a água e esta mistura. Leve ao fogo médio, mexendo sempre até formar um mingau. Quando começar a ferver, desligue o fogo e reserve.

4a. Etapa:

2 xíc. de nabo descascado e cortado em filetes
2 xíc. de cebolinhas cortadas em filetes
1 cebola média cortada em 4 e depois em finas fatias
1/4 de maçã média descascada e sem as sementes
5 dentes de alho (grandes)
2 colheres de chá de gengibre fresco
2 colheres (sopa) molho de peixe
2/3 xíc de pimenta vermelha em flocos
3 colh. (chá) açúcar
1 colh. (chá) sal
1 colh. (sopa) de gergelim

Num liquidificador ou processador, bata 1/4 da cebola, a maçã, o alho, o gengibre e o molho de anchovas.
Naquela mesma bacia onde a acelga ficou de molho, coloque o mingau de arroz (que já deve ter esfriado), a pimenta, sal, açúcar e a mistura do liquidificador. Misture tudo muito bem. Junte, nesta mistura, o nabo, a cebolinha, a cebola e o gergelim. Misture tudo.

Etapa Final:

Verifique se as acelgas estão bem escorridas. Trabalhe dentro da própria bacia, usando luvas de borracha novas.

Trabalhando com um quarto de acelga de cada vez, deite-a dentro da bacia e esfregue o recheio entre as folhas, uma por uma, e quando terminar, enrole a folha mais externa, fazendo uma trouxinha.

Quando terminar, se sobrar algum recheio, deixe por fora da acelga. Coloque em recipientes que tenham boa vedação.
Guarde na geladeira e vá utilizando aos poucos. Dura bastante tempo. Esta mistura vai fermentando com o tempo e os Coreanos dizem que é melhor consumir após uma semana, mas há quem prefira o Kimchi fresco. Os sabores vão mudando conforme o tempo vai passando.


Nenhum comentário:

Postar um comentário