19 de jan de 2014

TAJINE DE CORDEIRO ESPECIAL


TAJINE DE CORDEIRO ESPECIAL
Tajine, o prato nacional do Marrocos, é na verdade o nome da panela em que é feito. Uma panela de barro rasa com tampa cônica que com seu peso, atua quase como uma panela de pressão. Quando se anda pelas ruas do Marrocos, ela é uma presença constante, seja na porta das pequenas “birosquinhas” que servem a deliciosa comida local ou nas também constantes lojinhas de produtos locais.

Mesmo lá, muitas donas de casa já as abandonaram e passaram a usar panelas comuns de inox ou alumínio, mas uma boa panela, seja ela uma tajine ou não, faz toda a diferença. Praticamente esqueça a comida lá, volte horas depois, abra a tampa e sinta o maravilhoso aroma de especiarias. As receitas são sempre fáceis, basta equilíbrio no tempero e paciência, depois é só aproveitar.

Se você não tem uma panela dessas, não é problema, o importante é usar uma panela pesada, de material que retenha bem o calor, como barro, pedra sabão ou ferro fundido, e que também tampe bem.

Aqui vai uma versão de cordeiro, com todo o toque de especiarias e a sempre presente doçura da comida marroquina.

RECEITA;
Tajine de Cordeiro

Ingredientes(para 4 a 6 pessoas)
2 kg paleta de cordeiro
3 c.sopa óleo de girassol
25 g gengibre fresco ralado
1 c.sopa páprica picante
2 c.chá cominho moído
2 c.chá canela em pó
1 c.chá orégano seco
1 c.chá tomilho seco
1 flor de anis estrelado
1 cebola picada
3 dentes de alho picados
200 g ameixas secas sem caroço picadas
50 g passas brancas
2 c.sopa mel
sal e pimenta do reino

Modo de Preparo

Desosse a paleta e corte-a em cubos de 2,5 cm.

Aqueça o óleo na tajine ou em uma panela bem pesada, de ferro, barro ou pedra, e doure os cubos de carne.

Coloque todos os outros ingredientes. Tempere com um pouco de sal e pimenta e junte água o suficiente para cobrir, sem sobrar, a carne. Tampe e leve ao fogo.

Assim que ferver abaixe o fogo ao mínimo e deixe cozinhar lentamente por cerca de duas horas e meia. Neste ponto a carne deve estar bem macia e o molho bem reduzido.

Se o molho reduzir demais é só acrescentar um pouco de água, se estiver aguado, deixe cozinhar mais com a panela destampada até estar na textura desejada. Corrija o tempero e sirva.

Dicas

No Marrocos a tagine já é um prato por si só, sem acompanhamento. O couscous costuma ser outro prato, separado, mas como não estamos lá e sabemos que fica bem gostoso, uma boa idéia é fazer um couscous simples para acompanhar este prato.

Guarde os ossos da paleta e use os para fazer um caldo rápido para o couscous. Enquanto a tajine é feita, ferva os ossos em água com um pouco de cenoura, cebola e alguns talos de salsa. Peneire e use o caldo para fazer o couscous.

Este prato pode ser feito na panela de pressão em bem menos tempo. Todavia, a textura da carne pode ser prejudicada e ficar um pouco mais ressecada que quando feita lentamente em uma panela comum ou tajine.

Se usar uma panela comum que não seja tão pesada, o prato demorará menos para ser feito, pois estas panelas aquecem mais rápido que as de barro ou de ferro.

Este prato é rico, denso e expressivo. Uma boa ideia para equilibrá-lo é servir junto com uma saladinha fresca de tomates e aipo, semelhante ao nosso vinagrete. A refrescância dos ingredientes frescos balanceia muito bem toda a força do cordeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário